Pastoral dos Ciganos - Página 4 de 4 - Secretariado Diocesano de Lisboa Obra Nacional da Pastoral dos Ciganos. Instituição de solidariedade (IPSS) preocupada prioritariamente com a promoção e integração social do povo cigano, com um respeito total pelos seus valores culturais, que sempre tem procurado promover e dar a conhecer, tem apostado fundamentalmente na preparação e escolaridade das crianças e, por elas, na acção com as respectivas famílias. Tem vários trabalhos em realização em bairros onde esta população é abundante, a partir de outros tantos Centros, onde mantém em funcionamento cursos de Pré-Escolar e Centros de Actividades de Tempos Livres.

Últimas Notícias

Papa Francisco e a Minoria Cigana

Out 2015 A IGREJA E A MINORIA CIGANA

A Igreja e a Minoria Cigana, estas foram as palavras do Papa Francisco aos participantes na peregrinação do Povo Cigano, em Roma, a 26 de Outubro de 2015, comemorando o 50º aniversário da peregrinação em que, no

Irmã Maria Antónia

Abr 2015 A Irmã Antónia partiu!

Amiga de mais de quarenta anos, a Irmã Antónia Mendes Alberto nasceu em 25 de Novembro de 1912 e faleceu em 19 de Agosto de 2015, muito perto de completar os 103 anos. Presentes, na nossa

Jan 2014 Maria de Fátima Sadio Moita

Quando, a 1 de Janeiro do corrente ano, celebrámos com a Fátima, no seu quarto de hospital, o seu 63º Aniversário, sabíamos que seria o último… Mas, a esperança obrigava-nos a

Jan 2012 Na 50ª edição do NEVI YAG *

*Jornal do CCIT, cujo nome significa Fogo Novo em língua cigana Há mais de um quarto de século que participamos nas reuniões do CCIT. Desde o primeiro momento se tornou apelativo o encontro

Dez 2011 Uma breve história sobre o Povo Cigano

Vulgarmente designado por “cigano”, o grupo que assim identificamos possui uma carga histórica de tradição milenar. Ele constitui a parcela de um povo que tem uma origem específica e uma história própria, ainda que espalhada, há muitos séculos, pelos vários cantos do mundo.

Dez 2011 CURSOS DE FORMAÇÃO – TENTATIVAS DE RESPOSTA A UMA POPULAÇÃO FRAGILIZADA SOCIALMENTE

Desde os primeiros contactos com a população cigana que, na sequência de diálogos francos, apostámos na alfabetização de adultos e na matrícula das crianças nas escolas, com o objectivo de que estas pudessem conseguir a escolaridade. Acreditámos que