NATAL – Actividades festivas - Pastoral dos Ciganos
Foto1

NATAL – Actividades festivas

NATAL – Actividades festivas

A nossa caminhada para o Natal, em tempo de Advento, foi realizada com grande dinamismo e, se a preparação da grande Festa conjunta exigia uma congregação de esforços, não deixámos por isso de participar activamente nos eventos locais. Exemplo disso foi a “Festa Concurso” Juntos fazemos o Bairro, realizada na Quinta das Laranjeiras a 13 de Dezembro, na qual um grupo do nosso Centro Olipandó apresentou a peça de teatro criada por nós, “Bom Vizinho e Mau Vizinho”.

Mas na Quinta da Fonte, Bairro onde se situa o nosso Centro Verdine, a complexidade foi maior. Os diversos passos e respectivos eventos eram da responsabilidade do Grupo Comunitário da Apelação, mas em todos a nossa participação foi enorme, E falo da armação e decoração da Árvore de Natal, antecedida da criação de muito pequenas peças, que foi colocada ao ar livre, no Largo anexo à Igreja Paroquial da Apelação, no dia 7 de Dezembro.

Dois dias depois, a 9, ao fim da tarde, foi o grande acontecimento constituído pela inauguração do Presépio, no topo da Avenida José Afonso, no Bairro da Quinta da Fonte. Construída a cabana para o instalar e obtida de um particular a oferta das figuras (manequins), coube ao SDL a elaboração de todo o guarda-roupa e a decoração interior do espaço, com peças emprestadas pelo Museu de Loures.

Tudo pronto e na presença de diversas Entidades oficiais e membros da Igreja Católica, além de muitos habitantes do Bairro, a inauguração fez-se com alguns cânticos previamente ensaiados no Centro Verdine e no Centro Nosso Mundo, mas cantados ali em conjunto pelas crianças de ambos.

Foi um momento de grande alegria a que os moradores aderiram com respeito e satisfação pela presença da Sagrada Família no meio do povo. E o Menino lá ficou na manjedoura, envolto em panos brancos, apelando à paz e amizade entre todos.

No dia 11, em palco montado no Largo onde está a Árvore de Natal, foi a Festa Espectáculo que teve a participação de várias entidades, entre as quais a Igreja Kimbanguista, a Orquestra Geração e, claro, o Centro Verdine, com a apresentação da história “O Cavaleiro da Dinamarca”, de Sophia de Mello Breyner Andresen adaptada a teatro. E houve palmas e satisfação geral.

O tempo ajudou ao sucesso do ambiente festivo, pois tivemos sol, o que permitiu que os lugares sentados se enchessem e ficasse muita gente de pé!

E no final, a oferta de lanche e prendinha a cada criança presente fez perdurar o sabor a festa fraterna, no caminho para casa.

Fernanda Reis

Mais fotos do evento de dia 11 na Apelação!

Se gostou, partilhe com os seus amigos